domingo, 5 de dezembro de 2010

ás vezes não me reconheço

Quando me apercebi, já nem me reconhecia, já nao gostava de ninguém nem de mim mesma, já não sabia sonhar, rir, amar e sentir, o tempo não passava e tudo era extremamente chato! Cheguei ao limite, não sabia o que sentia e por quem sentia, tornei-me a pessoa mais insegura e desconfiada, já não existia confiança, já não havia verdade, apenas havia insegurança e medo! Tentei apagar os traços do teu rosto, o teu sorriso, quis esquecer o som da tua voz, o teu cabelo, quis esquecer-te por completo.
Mas ...
continuas aqui como sempre comigo.
No fundo sei que me custa viver com a tua ausência, que as tua palavras são algo necessário, e preciso disso !
Não sei se é bom ou mau, mas a verdade é que preciso








3 comentários:

Soraia ♥ disse...

Lindo princesa * (:

Dri disse...

Obrigada : )

Lobo disse...

acredita que vo0u enterrar a cabeça na areia e so a tiro quando morrer....
=)